João Pedro 2019 atrai milhares de turistas

A 35ª edição do "Maior e Melhor João Pedro do Mundo" foi marcada pela vasta programação e pelo grande fluxo de turistas durante os três principais dias da festa (12, 13 e 14 de julho). Ao todo, de acordo com o cronograma oficial, foram mais de 10 dias de muito forró.

Circuitos Forró no Sítio e Quadrilhas de Rua; Cavalgada do Sertão; Arraiás da Educação e do Social; Concerto Junino; Matinê Cultural; Palhoção do Povo e Parque do Juazeiro, tudo isso e muito mais abrilhantou o principal evento cultural do município.

As ruas e praças ganharam cores através da ornamentação e o Mercado Público abriu suas portas para abrigar o Recanto do Artesanato, onde o forrozeiro podia desfrutar de peças confeccionadas por artesãos locais como também conhecer um pouco da história da cidade na exposição de fotos históricas e por meio da literatura de cordel. Jackson do Pandeiro também teve seu lugar de destaque em alusão ao seu centenário.

O Palhoção do Povo, além de ser palco para artistas locais e regionais, que tocaram desde o pé-de-serra até o forró atual, ainda recebeu o Concerto Junino e o Matinê Cultural com diversas brincadeiras para a criançada. Já o principal polo, denominado popularmente de Parque do Juazeiro, ficou encarregado de sediar a festa durante a noite, recebendo, nos três dias, um público estimado em mais de 50 mil pessoas. Por lá passaram atrações como Walkyria Santos, Saia Rodada, Circuito Musical, Luan Estilizado, Túlio Milionário, Gianinni Alencar, Henry Freltas, Brasas do Forró e Gilson Mania.

A segurança foi outro ponto importante e que mereceu elogios por parte da população. De acordo com o comandante da 3ª Companhia, Anselmo Duarte, não houveram ocorrências graves, apenas alguns inícios de desavenças rapidamente contidos pelos policiais e seguranças que estavam sempre a postos nas guaritas montadas na pista de dança do parque.

Diversas casas foram alugadas e as pousadas estavam lotadas, o que comprova que a cidade recebeu um número significante de visitantes e se transformou em um verdadeiro caldeirão de forró.

- « Voltar